Se o Baião é bom só, quem dirá “Baião de Dois”

Conheça mais sobre a origem dessa que é uma das mais populares comidas nordestinas

O termo baião que deu nome ao prato, é originado de uma dança típica do Nordeste, por sua vez derivada de uma forma de lundu – uma canção/dança trazida pelos africanos escravizados vindos de Angola e do Congo no final do século XVII”.

O Prato típico atravessou fronteiras e popularizou-se depois que o Rei de Baião Luis Gonzaga o citou em uma de suas músicas e passou a chamá-lo de Baião de Dois. Hoje é possível encontrá-lo em diversos restantes do país. 

A história desse tradicional prato se deu há muitos anos, quando o cearense passava por grande dificuldades em virtude das secas na região, a comida era escassa e para não desperdiçar nada misturava as sobras da cozinha como arroz e feijão com o pouco que tinha de carne seca e queijo de coalho e surgiu assim esse saboroso prato da cozinha nordestina.

Com o tempo as receitas foram sendo ampliadas e diversificadas, de modo que cada cearense tem a sua própria receita. No Baião Cozinha Nordestina a delícia é preparada com padrões originais e faz sucesso entre os clientes.